domingo, 18 de abril de 2010

Mãe, Pai, só para saberem:

Lá porque têm um filho que apesar dos seus 26 anos consegue por vezes ser menos responsável que a vossa filha de 17-quase-18 e que teve sorte na sua carreira, não significa que eu vá seguir as pegadas dele. Nunca lhe impuseram barreiras, nunca o demoveram de nada, porque raio é que tenho de ser eu a levar com isso tudo?
Deixem-me criar o meu próprio caminho. Deixem-me cometer os meus próprios erros. Deixem-me ser eu própria, não queiram uma versão 8 anos mais nova do primeiro filho.
E sabem que mais até estou a exagerar um bocado nisto e estou a fazer as barreiras mais altas do que elas realmente são.
E se calhar até vos vou desiludir, mas, santa paciência, vou seguir o meu próprio caminho. Vou cometer os meus próprios erros e quem sabe se não tenho sorte.

1 comentário:

Minority disse...

como eu te compreendo...

apesar de não ter um irmão mais velho, andam-me sempre a dar na cabeça e a tentar proteger demais do mundo que me rodeia...

mas são pais, é normal que se preocupem, o problema é que muitas vezes a preocupação é excessiva e acabam por não nos deixar fazer as coisas a nossa maneira...